ENTREVISTA COM MÁRCIO BARALDI

Tivemos o prazer de entrevistar Márcio Baraldi,desenhista, cartunista,

chargista enfim…..

Nessa entrevista ele fala como as charges são vistas pela sociedade,sua profissão,enfim….Vamos conferir…

Rabiscandonet:

1) Qual a participação do cartunista no impacto de formaçãopolítica da população comum?

MÁRCIO: A charge sem dúvida ajuda muito na formação critica e política das pessoas,inclusive até  nas analfabetizadas ou semi,pois,uma charge pode ser sem palavras e transmitir uma mensagem importante através apenas do desenho.Basta voltar no tempo e lembrar que o desenho sugiu antes da fala.Nossos antepassados pré-históricos usavam desenhos nas paredes das cavernas para contar causos vividos e registrar fatos ocorridos no dia a dia.Essas pinturas rupestres são os  antepassados da charge atual.Assim como as pinturas rupestres as charges registram a História e a evolução da Humanidade.Outra vantagem da charge é que ela resume um fato muitas vezes complicado de explicar em palavras em uma única imagem simples de entender com um rápido olhar.Ela sintetiza zilhões de palavras ou idéias numa única imagem.Ela faz com que as pessoas absorvam informações muito rápido e ajudam a desenvolver o senso crítico delas.

Rabiscandonet:

2)A que se deve o fato de a charge atingir públicos de diversas idades?

Márcio: Se deve a sua leitura atraente,bem humorada e agradável de ler/ver.Quem não gosta de dar risadas? Qualquer pessoa de qualquer idade ou classe social gosta de se divertir,de sentir o bem-estar que o riso proporciona.A charge tem uma imagem sedutora justamente para atrair o maior número possivel de gente para transmitir sua mensagem.

Rabiscandonet:

3)A charge hoje é considerada uma tendência pelo fato de serem publicadas praticamente em todos jornais brasileiros?

Márcio: Não a charge não é uma tendência de momento.Ela sempre esteve presente na vida das pessoas.Como eu disse,ela começou na pré-história ,passou pelos antigos impérios como os sofisticados e belíssimos hieroglifos egipcios,que já são um antepassados das histórias em quadrinhos,pois são uma sequencia de desenhos que contam uma história.E seguiram em frente até surgir a imprensa de Gutemberg no século XV e se instalaram de vez nos jornais,livros e outras publicações.Então,as charges sempre foram muito utilizadas como instrumento didático e de comunicação de massas.Hoje em dia, as charges ocupam todo lugar possível:jornais,revistas,internet,etc,o que da essa impressão que seja uma tendência,mas na verdade e em crescimento de produção que acompanhou o crescimento da demanda,haja visto que vivemos uma época onde tudo  muuuuuuuuito rápido,sobretudo a trnasmissão da informação.

Rabiscandonet:

4)Qual a sua análise sobre a importância do humor na comunicação?E sobre o uso como ferramenta contra a hegemonia?

Márcio: Como ja havia mencionado ,a charge é importantissima nos meios de comunicação porque ajuda a formar e informar pessoas de todas as faixas etárias e socioculturais com rapidez e precisão.Ela também é importantíssima para combater a hegemonia e a dominação cultural porque ela politiza as pessoas e burila seu senso crítico.Basta lembrar que durante a ditadura militar no Brasil, onde havia uma censura terrivel em todos os meios de comunicação do paìs,a charge era uma espécie de “arma secreta”.Era através da charge que os jornais conseguiam passar mensagens de crítica e combate a ditadura que através dos textos não passariam.Um dos maiores fênomenos editoriais durante a ditadura foi o jornal alternativo Pasquim,criado e deditado pelos cartunistas Ziraldo e Jaguar.O Pasquim foi uma verdadeira trincheira de guerrilha contra a ditadura.Era o veiculo que mais atacava a ditadura e também o mais perseguido por ela.Mas fazia um sucesso imenso,por isso nem a ditadura conseguiu fechá-lo.Ele só acabou quando a ditadura acabou também e democracia retornou ao país .Foi um fenomeno único e incomparável dentro da História da IMPRENSA BRASILEIRA!

Rabiscandonet:

5)Como profissional da comunicação,que é um campo bastante amplo,diga-nos o que motivou a focar sua atuação na charge.

Márcio:A principio foi a demanda do Mercado que me levou a charge.Comecei na profissão aos 15 anos de idade e naquela época eu queria era fazer quadrinhos de Super-Heróis, porem não havia o menor mercado para isso.Por isso fui para a charge que foi onde encontrei trabalho.Porem ,acabei pegando gosto pela charge política e construi uma carreira sólida nela. A adolescência passou e o gosto pelos Super-Herois também,mas a charge ficou e me deu a consciência critica e a visão de mundo que tenho hoje como adulto.A charge transformou minha consciência e hoje eu a uso para tentar contribuir com a transformação de outras consciências pelo Brasil afora.

Rabiscandonet:

6)Para terminar, o que você nos diz sobre esta habilidade artística que você tão bem desenvolve:é dom ou te aí muito conhecimento e experiência ?

Márcio: Tem as três coisas!Comecou lá na infância como dom, a partir da adolescência veio o conhecimento através de muito estudo e prática e agora , adulto, tenho a experiência que só os anos de trabalho diário podem proporcionar.Enfim, acredito que o profissional completo e o que passou por essas três fases.

Gostariamos de agradecer o Márcio pela entrevista que nos concebeu, e temos a certeza que ajudou a ampliar nossa visão sobre o assunto.

ELABORADA POR LUANA DA SILVA

Anúncios

~ por RABISCANDO.NET em 09/12/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: